Já mudámos a vida de muitas famílias. Agora podemos mudar a sua também.

1 de outubro de 2015

DIREITO DE RESPOSTA

DIREITO DE RESPOSTA (por favor, leiam tudo até ao fim)

A FLASH! Vidas, em parceria com o Correio da Manhã, publicou na sua edição de hoje, 1.10.2015, uma “notícia" sobre uma alegada "fuga de gás" em casa da actriz Sandra B, após a renovação da mesma pelo Querido, mudei a casa!​

O QUERIDO não tem por hábito responder a boatos e mentiras sobre o que fazemos, porém, neste caso, não podemos deixar de denunciar a falsidade dos pretensos factos em que aquela “notícia” assenta, e exprimir toda a nossa indignação pela FLASH! Vidas / Correio da Manhã terem utilizado abusivamente a nossa marca, denominação e imagem, publicando um rumor sem fundamento, e sem terem confirmado esta mentira com a Sandra B nem com a própria produção do programa.

O QUERIDO TENTOU CONTACTAR HOJE A FLASH! VIDAS / CORREIO DA MANHÃ E A JORNALISTA AUTORA DO ARTIGO, SEM SUCESSO.

--

Existiu alguma fuga de gases em casa da actriz, que tenha posto em risco a saúde da Sandra B e sua filha?

Sim, existiu, foi uma fase complicada na vida da Sandra B, mas aconteceu antes da visita dos Queridos, foi numa data anterior à intervenção do QUERIDO, ou seja, aconteceu muito antes do programa renovar a casa da actriz. Bastava terem falado com a Sandra B para confirmarem isso.

--

Então esta fuga de gases não foi consequência das obras de renovação em casa da actriz?

Não não foi, nem tal seria possível, porque o programa televisivo QUERIDO não intervém, nem faz obras em instalações de gás, por não termos certificação legal para tal empreitada. Bastava terem falado connosco para confirmarem isto.

--

Porque é que a FLASH! Vidas / Correio da Manhã publicaram esta "notícia" se ela é falsa?

Porque pegaram numa entrevista da actriz à RTP, e viraram a história do avesso, sem terem o cuidado nem a responsabilidade de confirmar os seus contornos, não falaram com a Sandra B antes de a publicarem, e nem tentaram falar sequer com a BRISKMAN, a produtora do programa. Ou seja, negligenciaram as regras mais básicas do Código Deontológico do Jornalista:  relatar os factos com rigor e exatidão e interpretá-los com honestidade, sabendo que os factos devem ser comprovados, ouvindo as partes com interesses atendíveis no caso.

--

Mas dava assim tanto trabalho ao FLASH! Vidas / Correio da Manhã apurar a verdade?

Não, não dava. Mas é mais fácil criar polémicas assentes em mentiras do que apurar a verdade.

--

O que é que a BRISKMAN, e o QUERIDO, vão fazer em relação a esta difamação?

Caso não haja uma retracção, uma reposição da verdade por parte da FLASH! Vidas / Correio da Manhã, a Briskman irá accionar todos os meios de defesa e de reparação de prejuízos que a lei nos faculta, sem excluir a via penal.

--

Em conclusão: é profundamente lamentável a falta de profissionalismo e a leviandade com que este orgão de comunicação inventa factos e levanta falsos testemunho de um modo gratuito e claramente sensacionalista contra o único programa de televisão que em 11 anos, e mais de 325 episódios,  já mudou realmente a vida a centenas de famílias.

O Vosso,
QUERIDO, MUDEI A CASA!