Já mudámos a vida de muitas famílias. Agora podemos mudar a sua também.

17 de outubro de 2014

Sonha ter o QUERIDO em sua casa?

Gostaria de ter uma divisão remodelada pelo QUERIDO, em qualquer ponto de Portugal continental, e sem precisar de candidaturas com fotos e questionários? 

Há sonhos que se podem tornar realidade!

Fique atenta(o) a esta página, em breve explicaremos como pode ganhar este prémio fantástico.






Reactions:

2 comentários:

  1. Ola crido sou seguidora do programa mesmo fora do meu amado Portugal, gostava emenso de conseguir de poder conseguir essa ajuda não para mim mas sim para o meu pai querido que infelizmente faz três anos que por um acidente ficou paraplegico numa cadeira de rodas e a precisar ajuda para tudo, infelizmente por sircustancias da vida nós não podemos ajudalo nas suas necesidades par que a sua vida seja mais facil como movimentarse pela casa que com tanto custo fez a mais de 40 anos, cujo hoje em dia nao tem condições para para uma pequena cadeira de rodas. Não peço luxo unicamente uma vida mais facil na sua humilde casinha. Oxalá crido de tantas pessoas que eu sei precisam de ajuda o meu pai possa estar entre alguma destas ajudas que brindais. Como estou fora do pais não posso faser fotografias á sua casa mas posso diser que precisa de uma grande ajuda. Bjs e felicidades pelo lindo programa que fazem e me faz chorar sempre com a emoção que transmitem em cada programa felicidades á grande equipa.

    ResponderEliminar
  2. Olá Querido! Gosto muito de ver os teus programas. Até porque sonho sempre que um dia, me vai acontecer a mim! Tenho 14 anos e o sonho de ter um quarto só para mim. A minha casa só tem 2 quartos - o dos meus pais e o meu e dos meus irmãos. Como sou uma menina quase adolescente e os meus irmãos são rapazes, com brincadeiras e conversas parvas, gostava tanto de ter um cantinho só meu e a minha privacidade. Sei que para vocês não deve ser nada fácil, escolher quem ajudar. Mas como o sonho comanda a vida, decidi enviar esta carta e tentar a minha sorte. Obrigada Querido, de qualquer forma, mesmo se não puderes dar muita atenção a este meu caso. Maria

    ResponderEliminar