Já mudámos a vida de muitas famílias. Agora podemos mudar a sua também.

31 de julho de 2013

Colecção Villa. By LOVE TILES.

Sabia que a colecção Villa foi buscar a sua inspiração aos padrões do cimento?

Os formatos escolhidos permitem uma aplicação plena de soluções. Seja utilizando cada um dos formatos individualmente, seja utilizando os três em conjunto, através de uma aplicação multiformato.
Pode-se dizer que a colecção Villa é uma colecção de padrões de cimento com um toque rústico dado pela superfície ligeiramente estruturada e pelo seu acabamento.

Este produto é ideal para quem gosta de aliar a tradição à modernidade.

CORES
Disponível em 6 cores:
- Bianco
- Perla
- Terra
- Marrone
- Platino
- Grigio

FORMATOS  
- 33,3 x 33,3 cm
- 33,3 x 50 cm
- 50 x 50 cm

ACABAMENTOS
- Natural
- Antiderrapante no formato 50 x50 – R11 | A

PEÇAS ESPECIAIS
- Degrau 30 x 33,3 
- Rodapé: 8 x 50 | 8 x 33,3

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS
Espessuras: - 9 mm

Descubra mais em www.lovetiles.com








28 de julho de 2013

Mais uma Certificação Energética Bosch.

Vamos ver no episódio de hoje, com a ajuda da Certificação Energética Bosch, como esta habitação a passou da Classe C para a Classe Energética B trazendo maior poupança nos consumos energéticos, mais conforto e comodidade ao interior desta habitação.

As sugestões de melhoria feitas pelos técnicos de certificação Bosch que foram aplicadas nesta habitação são as seguintes:
  • Nos vãos envidraçados é necessária a substituição das caixilharias anteriormente existentes em alumínio para caixilharias em PVC com vidro duplo para redução das perdas energéticas.
  • Instalação de esquentador a gás para redução de custos energéticos.
  • Aplicação de vedantes nas portas e janelas para melhoria do conforto interior.


Para além destas sugestões que permitiram a passagem de classe C a B-, os técnicos de certificação Bosch aqui deixam mais algumas que permitirão uma passagem da Classe B- à Classe A:
  • Nas paredes deverá ser aplicado um isolamento térmico em placas XPs no interior, por trás do gesso cartonado, nas paredes exteriores e na parte de baixo das janelas de forma a reduzir as perdas de calor, a evitar possíveis condensações nas paredes e a melhorar o conforto dos espaços.
  • Nas coberturas exteriores, deve ser aplicado um isolamento térmico entre o tecto falso e gesso cartonado para redução de perdas e ganhos de calor.
  • Instalação de sistema solar térmico para produção de água quente através de fontes renováveis.
  • Instalação de sistema de ar condicionado Classe A (ou superior) para redução de custos para aquecer e arrefecer a casa.


Para além da classe energética A conseguida se forem implementadas estas medidas, que irá implicar uma a maior poupança nos consumos energéticos, será também conseguido mais conforto e comodidade ao interior desta habitação.


Para pedir a sua certificação energética Bosch, basta ligar o 808 100 023. Saiba mais em: http://www.bosch-certificacao-energetica.pt/


24 de julho de 2013

Promoções na Loja Querido.

A loja QUERIDO HOME STYLING, a loja do Querido, completa esta semana o seu 1º aniversário.

Para celebrar o seu primeiro ano de vida, nova Loja Querido criou esta oportunidade única: 
40% de desconto em almofadas e abatjours!


LOJA QUERIDO
Rua da Horta Sêca 24
(ao Camões / Chiado)
Tel: 213 243 344





23 de julho de 2013

Porquê escolher velas de cera de soja?

As velas de cera de soja foram criados pelo inventor Michael Richards em 1993, pela necessidade de encontrar uma alternativa mais barata e saudável à cera de abelha e à parafina. Estas velas de cera são feitas a partir de óleo de soja hidrogenizado. Estes são também muitas vezes combinada com várias fragrâncias para criar velas aromáticas de soja.

Descubras as 7 vantagens:


1. Económicas
As velas de soja podem arder durante mais 50% do tempo. A longo prazo ficam mais baratas do que as velas normais.

2. Amigas do ambiente
Embora as velas de soja também produzam fumo, a quantidade que criam é muito menor do que as velas normais e, uma vez que as velas de soja são 100% naturais, não contêm nenhumas toxinas nem os carcinogéneos que as outras velas têm.

3. Totalmente naturais 
As velas de soja são feitas a partir de ingredientes naturais como os feijões de soja e o óleo hidrogenizado dos feijões de soja. Ambos estes produtos são 100% biodegradáveis e provêm de recursos renováveis. 

4. Sem fuligem
Sabem aquelas partículas pretas que as velas às vezes têm e que são produzidas enquanto queimam? As velas de soja não produzem nada disso e queimam de forma muito limpa.

5. São hidrossolúveis
A cera de soja entornada pode ser limpa com água, pois dissolve-se quando em contacto com ela. A limpeza dos "acidentes" com as velas de soja torna-se assim muito mais fácil

6. Ardem uniformemente
As velas tradicionais têm o inconveniente de só arderem na zona que circunda o pavio, deixando "paredes" de cera em volta. Nas velas de soja isso não acontece, pois ardem uniformemente, ou seja, toda a cera derrete em volta do pavio, deixando uma camada totalmente líquida enquanto queima.

7. Não atingem temperaturas altas 
As velas de soja queimam a temperaturas mais baixas, tornando-as assim mais seguras para si e para a sua família.

Descubra a colecção completa de velas de soja e ambientadores na loja online do QUERIDO:




21 de julho de 2013

Certificação Energética Bosch

Vamos ver no episódio desta semana, e com a ajuda da Certificação Energética Bosch, como esta habitação passou da Classe C para a Classe Energética B trazendo maior poupança nos consumos energéticos, mais conforto e comodidade ao interior desta habitação.

As sugestões de melhoria feitas pelos técnicos de certificação Bosch que foram aplicadas nesta habitação são as seguintes: 
  1. Nos vãos envidraçados é necessária a substituição das caixilharias anteriormente existentes em alumínio para caixilharias em PVC com vidro duplo para redução das perdas energéticas. 
  2. Instalação de esquentador a gás para redução de custos energéticos. 
  3. Aplicação de vedantes nas portas e janelas para melhoria do conforto interior.


Para além destas sugestões que permitiram a passagem de classe C a B-, os técnicos de certificação Bosch aqui deixam mais algumas que permitirão uma passagem da Classe B- à Classe A: 
  • Nas paredes deverá ser aplicado um isolamento térmico em placas XPs no interior, por trás do gesso cartonado, nas paredes exteriores e na parte de baixo das janelas de forma a reduzir as perdas de calor, a evitar possíveis condensações nas paredes e a melhorar o conforto dos espaços.
  • Nas coberturas exteriores, deve ser aplicado um isolamento térmico entre o tecto falso e gesso cartonado para redução de perdas e ganhos de calor. 
  • Instalação de sistema solar térmico para produção de água quente através de fontes renováveis. 
  • Instalação de sistema de ar condicionado Classe A (ou superior) para redução de custos para aquecer e arrefecer a casa.


Para além da classe energética A conseguida se forem implementadas estas medidas, que irá implicar uma a maior poupança nos consumos energéticos, será também conseguido mais conforto e comodidade ao interior desta habitação.




17 de julho de 2013

Sabe o que é a Certificação Energética?


A Certificação Energética classifica o desempenho energético de um edifício ou fracção e informa quanto à eficiência energética na sua utilização corrente.

A Bosch conta com uma equipa de técnicos especializados, que para além de emitir o Certificado Energético, através de uma análise cuidada das necessidades particulares do seu imóvel, assinala as oportunidades de melhoria no desempenho energético da sua habitação, potenciando a redução de custos energéticos, o aumento do conforto e valorização do imóvel.

Vamos ver como, no programa QUERIDO MUDEI A CASA, e com a ajuda da Certificação Energética Bosch podemos ajudar uma habitação a passar da Classe Energética C para a Classe Energética A.

Para além da certificação de classe A, a aplicação destas medidas numa habitação trará maior poupança nos consumos energéticos, mais conforto e comodidade ao interior desta habitação.

As sugestões de melhoria a aplicáveis são as seguintes: 
  • Nas paredes, no desvão do telhado e nas vigas e pilares de betão deverá ser aplicado um revestimento para garantir o isolamento térmico, reduzindo as perdas de energia pela envolvente
  • Nos vãos envidraçados é necessária a substituição das caixilharias em alumínio de correr para caixilharia de alumínio com corte térmico e vidro duplo para redução das perdas de energia e melhoria do conforto.
  • Instalação de ar condicionado central de classe A ou superior para redução dos custos com a climatização (considerando a casa constantemente climatizada)
  • Instalação de recuperador de lenha na lareira existente para garantir o aquecimento central de uma forma mais económica. - Substituição do esquentador por um equipamento termostático e de elevada eficiência que permite um elevado grau de poupança nos consumos de gás e água
  • Instalação de um sistema solar térmico individual para produção de águas quentes de uma forma renovável
  • Instalação de caixilharias permeáveis ao ar, para uma melhor ventilação, melhorando a qualidade do ar interior
  • Vedação dos contornos das janelas para prevenir humidade e infiltrações