Já mudámos a vida de muitas famílias. Agora podemos mudar a sua também.

28 de julho de 2013

Mais uma Certificação Energética Bosch.

Vamos ver no episódio de hoje, com a ajuda da Certificação Energética Bosch, como esta habitação a passou da Classe C para a Classe Energética B trazendo maior poupança nos consumos energéticos, mais conforto e comodidade ao interior desta habitação.

As sugestões de melhoria feitas pelos técnicos de certificação Bosch que foram aplicadas nesta habitação são as seguintes:
  • Nos vãos envidraçados é necessária a substituição das caixilharias anteriormente existentes em alumínio para caixilharias em PVC com vidro duplo para redução das perdas energéticas.
  • Instalação de esquentador a gás para redução de custos energéticos.
  • Aplicação de vedantes nas portas e janelas para melhoria do conforto interior.


Para além destas sugestões que permitiram a passagem de classe C a B-, os técnicos de certificação Bosch aqui deixam mais algumas que permitirão uma passagem da Classe B- à Classe A:
  • Nas paredes deverá ser aplicado um isolamento térmico em placas XPs no interior, por trás do gesso cartonado, nas paredes exteriores e na parte de baixo das janelas de forma a reduzir as perdas de calor, a evitar possíveis condensações nas paredes e a melhorar o conforto dos espaços.
  • Nas coberturas exteriores, deve ser aplicado um isolamento térmico entre o tecto falso e gesso cartonado para redução de perdas e ganhos de calor.
  • Instalação de sistema solar térmico para produção de água quente através de fontes renováveis.
  • Instalação de sistema de ar condicionado Classe A (ou superior) para redução de custos para aquecer e arrefecer a casa.


Para além da classe energética A conseguida se forem implementadas estas medidas, que irá implicar uma a maior poupança nos consumos energéticos, será também conseguido mais conforto e comodidade ao interior desta habitação.


Para pedir a sua certificação energética Bosch, basta ligar o 808 100 023. Saiba mais em: http://www.bosch-certificacao-energetica.pt/


Reactions:

0 commentários:

Enviar um comentário