Já mudámos a vida de muitas famílias. Agora podemos mudar a sua também.

28 de fevereiro de 2008

Querido, mudei a casa! - agora também na SIC!

Saiba os horários e dias da semana que o Querido está no ar na SIC:
de segunda à sexta- feira, das 9hs às 10hs

E ainda continua com a estreia aos domingos, às 19hs, na SIC Mulher, com repetições:
segunda-feira, às 5:15hs
quarta-feira, às 15:00hs
quinta-feira, às 10:30hs
sexta-feira, às 8:30hs
sexta-feira, às 21:15hs
sábado, às 11:00hs

Emissão # 710 - “Uma cozinha, uma sala e um hall de entrada!!”

Antes e Depois Cozinha



Antes e Depois Sala



Depois Hall



A Leroy Merlin de Sintra e os queridos mudaram a vida desta candidata!


Este foi o segundo programa dedicado aos candidatos das lojas Leroy Merlin. A Maria Elisabete candidatou-se com a cozinha de sua filha, a Ana Isabel. Ela enviou uma carta de quatro páginas, cheia de emoção e esperança, a descrever a situação que sua filha vive. Uma história comovente, que fez com que todos se emocionassem. A Ana Isabel teve um problema de saúde aos 32 anos, e como consequência, ficou paraplégica. Ela vai se recuperar e voltar a andar, mas com calma. Por isso, ainda tem que usar uma cadeira de rodas. Os médicos aconselharam-na a comprar uma casa R/C, pois a casa onde vive, a da mãe, é num 2º andar, sem elevador. Encontraram e compraram esta casa, mas depois, não tinham como remodelá-la. A cozinha era hedionda, feia e velha, segundo mãe e filha. Não gostavam dos azulejos, dos armários e da pedra de mármore que havia.
O decorador Luís Pedro decidiu fazer uma cozinha nova! Colocou um chão novo, armários novos, paredes novas! Uma cozinha só com o indispensável. Com muito espaço livre para a Ana, e com algumas facilidades, como por exemplo um caixote de lixo que se abre quando a porta do armário abre. Mas não ficou por aí. Não se aguentou, e resolveu fazer a sala da casa da Ana também. Não irá trocar o chão, mas haverá pinturas e uma boa decoração. Para a surpresa da Sofia Carvalho, os queridos não resistiram , e decidiram fazer o hall da casa também. Segundo o João Benedito, o hall era a passagem da cozinha para a sala, por isso ele achou que não poderia deixar o hall como estava. Com alguma pintura, um tapete novo, um candeeiro, algumas molduras e duas prateleiras recicladas os queridos transformaram o hall. Esta obra correu muito bem, não houve imprevistos, mesmo tratando-se da divisão principal uma cozinha, que normalmente é o que dá mais trabalho. A sala foi dividida ao meio, por um sofá. De um lado, a zona de refeições, e do outro, a sala de estar, onde destaca-se um LCD da Sony. Como não havia budget para duas divisões, o Luís Pedro teve que se esforçar para conseguir decorar esta sala. E contou com a ajuda da Fusion, que ofereceu à Ana um candeeiro. O Luís Pedro fez questão de deixar, na cozinha e na sala, um bom espaço para circulação, já que a Ana ainda está em um cadeira de rodas. Este foi um Querido especial. Nossa vontade era remodelar a casa toda. A Sofia Carvalho, e toda a equipa, foram à casa da Maria Elisabete, para surpreender e buscar a Ana.

Emissão # 709 “Querido mudei a casa! vai para fora de Lisboa!!”


Pela primeira vez, o QUERIDO sai de Lisboa. Com a Leroy Merlin, escolheu quatro candidaturas de várias regiões do país!


A primeira candidatura vencedora foi a da loja Leroy Merlin de Almada. O Artur Gonçalves foi contemplado com a visita dos queridos em sua casa. Ele vive num T1 e é divorciado. Seu filho, Gustavo, de 16 anos, passa alguns finais de semana com ele, e por isso é que pediu a ajuda dos queridos. Ele gostava de proporcionar um ambiente mais confortável para o filho, já que a sala, a cozinha e onde o Gustavo dorme é um espaço só. Ou seja, um 3 em 1.
A decoradora deste programa, a Ana Rita, escolheu as opções certas para atingir este objetivo. Trocou o chão, tapou os azulejos da cozinha com placas de aço, arrojou na iluminação e deu alguns toques especiais como o papel de parede. Além, de claro, muita pintura. Esta obra não correu tão bem assim em termos de tempo. Também, um factor importante foi a ausência de um dos queridos, que estava doente. Mas por volta das 5 da manhã, o sonho do Artur havia sido realizado. Ele ganhou um climatizador de ar da LG, que além de aquecer, arrefecer e purificar o ar, é uma obra de arte. O frigorífico e a máquina de lavar ganharam uma “roupa nova”. Painéis com padrões da Magneticarts deram um novo ar à estes electrodomésticos.

Emissão # 708 - “BEST OF NATAL!!!”

O Querido e os CTT ofereceram às crianças das Instituições mais uma surpresa!


Para o QUERIDO MUDEI A CASA! e os CTT, ainda faltava algo. Remodelamos as salas das Instituições Moinho da Juventude, Obra do Padre Abel, Centro de Alojamento Temporário de Tercena e Condessa de Cuba. Mas não foi só. O Natal estava perto, e aquelas crianças mereciam mais.
O Pai Natal apareceu em cada uma destas Instituições, e ofereceu presentes à todas estas crianças que vivem nestes centros.
Neste Best Of Natal, você vai ver recordar cada um dos programas “Especial Crianças”, e ainda se emocionar com a entrega dos presentes.
E é esta a filosofia do programa: mudar a vida das pessoas.

25 de fevereiro de 2008

Emissão # 707 - “Um pequeno grande desafio!!!”

Depois







Pela primeira vez, o QUERIDO MUDEI A CASA! vai fazer duas divisões! A candidatura era para um quarto, o das crianças! Mas o Luís Pedro resolveu trocar os quartos, e por isso, remodelou o da mãe também!


A produção do QUERIDO recebeu a candidatura de um quarto de crianças. Três crianças dividem este quarto: o Rui, de 11 anos, e as gémeas, Rita e Patrícia, de 5 anos. A candidata, Lurdes Azevedo, não estava a espera de ter três filhos, mas sua última gravidez foi uma surpresa com a chegada das gémeas. O Rui, que é o filho mais velho, já sente que precisa de uma certa privacidade, precisa ter o seu próprio canto. Ela acha que o QUERIDO pode ajudar através de cores ou divisórias…As meninas utilizam o quarto com suas Barbies, com seus bonecos, a pintar…estão agora na fase dos desenhos e das pinturas. E o Rui monopoliza a televisão com a Play Station. Ele tem que estudar na sala ou na cozinha, pois no quarto, não consegue. O Rui é uma criança muito ativa, que gosta de futebol, de andar na rua, de brincar, e é muito amigo, sempre foi o braço direito da Lurdes. É um filho muito especial. As gémeas são a alegria da casa. Não dão sossego…mas dão o dobro de felicidade! O ideal seria dividi-los em dois quartos, mas como isso não é possível, ela pediu a ajuda dos QUERIDOS!
O Luis Pedro enlouqueceu! A princípio não quis fazer esta obra, pois achou que seria muito difícil, devido o tamanho do quarto. Mas se emocionou com a situação dos três filhos a dividirem um espaço tão pequeno, e resolveu aceitar o desafio. Trocou o quarto dos filhos pelo da mãe, que era maior. Os QUERIDOS dividiram-se em duas equipas, e cada uma ficou com um quarto. Isso só no princípio, logo depois, já estavam a se ajudar, uns aos outros. A maior dificuldade para o Luís Pedro foi a decoração do quarto das crianças, pois com idade e sexo diferentes, torna-se complicado a escolha dos objectos e móveis. Foi uma dupla missão!
O resultado foi surpreendente! No quarto das crianças, as riscas na parede simbolicamente dividem o quarto em duas partes: do Rui e das gémeas, Patrícia e Rita. Com as novas camas, o quarto ganhou mais espaço, pois conseguiu-se colocá-las na mesma parede. No quarto da Lurdes, riscas azuis e brancas substituíram a cabeceira da cama, e foram eleitas como ideia original do programa. Outra ideia original foi o candeeiro de tecto do quarto da Lurdes, que não foi colocado ao centro, mas sim um pouco mais para o canto.

Emissão # 706 - “A opção certa: reciclar!!!”

Depois






A Ana Nobre e suas irmãs queriam surpreender a mãe, que faz 33 anos de casada, com uma nova cozinha! O QUERIDO e a Beatriz Leones reciclaram a antiga cozinha e acertaram no presente!


Para a Ana Nobre a ocasião era perfeita. Os pais completam 33 anos de casados. O momento era ideal para oferecer à sua mãe uma cozinha nova. Para a Ana, a cozinha não se enquadra, está fora de moda, desactualizada e com uns azulejos muito antigos. As cores actuais não condizem com a mãe. Esta família utiliza muito a cozinha. É onde fazem quase todas as refeições: pequeno-almoço e jantar. A candidata sonhava com uma cozinha sofisticada e moderna. O que esta cozinha precisava era de um “refresh”.
A Beatriz Leones decidiu que iria modernizar, actualizar e sofisticar. Essencialmente esta transformação será de cores. A única mudança radical será o pavimento. A vontade da Beatriz era fazer uma cozinha nova, mas a produção do programa a convenceu de que em 48 horas isso seria impossível. Assim sendo, achou melhor somente reciclá-la. E reciclar foi a melhor solução! Esta era uma cozinha com muito potencial. No chão foi colocado o soalho Wengé, que é um tom escuro, e deu um ar muito mais sofisticado ao ambiente. Nas paredes e armários, tons de vermelho refinaram a elegância desta remodelação. Tons escuros, mais intensos, ajudam na sofisticação. Esta nova cozinha ganhou um combinado da LG Eletronics a sua altura: um frigorífico/congelador com um design muito bonito.
Hoje em dia há uma maior preocupação em criar as cozinhas em ambientes mais acolhedores e agradáveis. E foi o que aconteceu. Como ideia original deste programa, foi eleito o vaso de flores da Homes in Heaven.

Emissão # 705 - “Um roupeiro perfeito!”

Depois






Dois sonhos concretizados: o da Carla, que ganhou um novo quarto! E o do QUERIDO, que fez um roupeiro de sonhos!


A Carla Oom é fã do QUERIDO MUDEI A CASA! e achava que seu quarto precisava de uma remodelação urgentemente. Este é um quarto de 30m2, maior até que algumas salas. Ela já estava cansada das paredes brancas. Mas a Carla não tem um estilo só. Gosta de coisas que vão desde o romântico ao moderno, aprecia coisas antigas, e gosta de ver a mistura do antigo com coisas mais contemporâneas. Não gosta do roxo, mas gosta de verdes e castanhos, cores mais quentes. Para a Carla e seu marido, o Luís, este é o ano da capicua, porque ela faz 35 anos e ele 53. Portanto, essa é uma altura especial, e para dar sorte aos dois, assim como ela deseja, o QUERIDO tornará o sonho da Carla em realidade.
Este quarto para a decoradora Ana Rita era como um diamante em bruto. Perfeito para o que se queria fazer. O QUERIDO MUDEI A CASA! há muito tempo queria fazer um roupeiro como este! É o sonho de qualquer mulher. Organiza se o quarto, organiza se a vida! Este roupeiro é do IKEA, e foi planeado pela Ana Rita através do site. Ele tem 4 metros e foi dividido em duas partes: uma para a Carla e a outra para o Luís. Com zonas para fatos, calças, gavetas para acessórios, sapateiras…
Nesta obra tivemos um pequeno incidente com o radiador: metemos água! Isto prova que o QUERIDO está mais ambicioso nesta série! Primeiro, partiu-se uma lareira, e agora retirou-se um radiador. Segundo o João, o mais difícil desta obra foi o roupeiro, que por ser muito grande, exige muito tempo para montá-lo. A Ana Rita usou o preto em busca de um ambiente sofisticado, e também porque quis recriar neste quarto um ambiente barroco, moderno, um pouco cénico, até teatral. Também usou dourado e prateado, uma mistura de elementos mais clássicos, barrocos, com elementos mais modernos. O beringela e o verde foram usados para manter uma ligação com o exterior do quarto que levava verde também. Nesta obra, foram recicladas a cama e o aparador, com as portas diferentes. Muitas peças decorativas, como tapetes, lustres, molduras, cortinados e abatjours são da Leroy Merlin. A peça favorita da Ana Rita foi a banqueta, e a da Sofia Carvalho foi o busto, da Arboretto.

Emissão # 704 - “Uma cozinha étnica!”

Antes



Depois




O Ricardo queria fazer uma surpresa à sua esposa, a Rita. Transformamos a cozinha deste casal em um espaço colorido e funcional!


O Ricardo comprou uma casa, mas não tinha possibilidade económica para remodelar a cozinha. Sua esposa, a Rita, tinha um sonho: queria uma cozinha funcional e jovem. Eles detestam nesta cozinha os azulejos, os móveis e os tons. Por ser uma cozinha dos anos 80, ele acha que não tem nada a ver com eles e com o resto da casa. A Rita é fã do programa, e o Ricardo deu liberdade e confiança total para os queridos, pois gosta de tudo o que vê nos programas. A Rita adora tons coloridos e alegres. A decoradora desta obra foi a Sofia Costa, que optou por fazer um estilo étnico nesta divisão, embora o candidato ter pedido algo rústico e campestre. Para esta obra, o João Benedito chamou reforços, pois não seria uma tarefa fácil. Foi colocado um soalho flutuante no chão. Além disso, nove candeeiros foram instalados, realçando a iluminação. Mais uma vez, o QUERIDO recebeu a visita da Policia. O frigorífico foi reciclado com uma ideia muito original: uma tela magnética, da Magneticarts, que ilustrava uma receita, foi colocada sobre ele, dando um ar novo e divertido. Os puxadores da Companhia do Campo também deram um toque especial à esta cozinha. Os armários superiores transformaram-se numa bancada com espaço para guardar coisas em baixo. Os elementos desta cozinha não são normalmente usados em cozinhas, mas sim em salas ou em outras divisões. Esta foi a grande diferença, que deu um ar mais quente à esta divisão. O casal ganhou novos electrodomésticos, da LG: uma máquina de lavar, um fogão e um forno, que completaram a decoração desta cozinha mais que perfeita para este casal.

Emissão # 703 - “Pela primeira vez, partiu-se uma lareira!”

Depois





Este é um programa histórico: além da lareira, pela primeira vez o Querido recebeu a visita da Polícia


A Raquel Dias candidatou-se ao QUERIDO MUDEI A CASA! porque achava que a sala da casa de sua mãe precisava de uma remodelação. Segundo ela, os azulejos da sala eram horrorosos! Com a ajuda do namorado da mãe, que se tornou cúmplice da situação, a Raquel e os queridos prepararam uma grande surpresa à Isabel. Ela acha que o pavimento torna a sala muito escura e que a lareira não é utilizada porque deita fumo para fora. Gostaria de manter a cadeira de baloiço, uma serigrafia e o candeeiro de tecto (lustre), porque foi o avô que fez. A decoradora Beatriz Leones teve uma ideia genial: partir a lareira! Uma ideia muito arrojada! Para ela, a sala era fria , triste, horrorosa…O João Benedito precisou chamar reforços para partir a lareira. Mas não conseguiu encontrar ninguém. Esta lareira era um espaço morto na sala, não tinha funcionalidade. Esta foi a primeira vez que o QUERIDO MUDEI A CASA! partiu uma lareira. Foi um momento histórico! No lugar da lareira foi colocado um móvel feito sob medida. Pela primeira vez também, o QUERIDO recebeu a visita da Polícia. Os vizinhos reclamaram do barulho e chamaram-na. Essa é uma questão muito delicada para o QUERIDO, pois quando a obra a ser realizada é em um prédio, como na maioria das vezes, é difícil evitar barulho após as 22:00hs, como manda a lei. Haviam ainda muitos furos por fazer, e já passava do horário permitido. A obra terminou as 3:30 da manhã. A Beatriz manteve o estilo clássico contemporâneo, que era como o resto da casa toda. Só o sofá, a cadeira de baloiço, o quadro e o lustre é que permaneceram, como a Raquel gostaria. O pavimento foi trocado por soalho flutuante, e nas paredes, por cima dos azulejos, foi colocado um lambrim branco. O resultado final foi uma transformação surpreendente.

Emissão # 702 - “QUERIDO, MUDEI A CASA!”

Antes



Depois




Este é o momento certo para se dizer o nome deste programa. Foi a surpresa que a Maria Barradas fez ao marido Miguel quando pensou em se candidatar para mudar a sala de sua casa.


A sala não era acolhedora, não tinha a ver com a família, e é um ponto complicado da casa. O que a Maria gostaria era poder aproveitar muito mais, mas ela e a família não passam muito tempo nesta sala, pois não é tão acolhedora como o quarto, por exemplo. Para o decorador Luís Pedro, um dos problemas principais desta sala era o chão, muito desactualizado, e não combinava com o tipo de decoração moderna que a proprietária gostaria.
Para ele falta cor também, e por isso, uma parede terá cor. A mesa da sala de jantar era pequenina e antiquada. As portas também eram desactualizadas, e nelas vão ser colocados painéis MDF para depois serem pintados. A Maria da Graça havia dito na ficha de candidatura que gostava de laranja. O Luís Pedro não usou o laranja, mas sim o beringela, e acha que quem gosta de laranja gosta de beringela, por serem as duas cores arrojadas. Além disso, beringela é muito mais tendência. Ela também gostaria de manter na divisão o chão (pavimento), mas o Luís Pedro resolveu arrojar novamente e dar mais leveza à sala, utilizando um soalho flutuante claro. A peça favorita do Luís Pedro é a zona da sala de jantar da Homes in Heaven, com quatro cadeiras de modelos diferentes, só com os forros iguais. A idéia original deste programa foram as cortinas, do mesmo tom da parede. O branco foi muito usado pois traz serenidade e combina com tudo, além de permitir variações de combinações de decoração. O branco é uma base ótima. O sofá ficou o mesmo, só foi tapado, forrado com mantas. O Miguel teve um cantinho especial para leitura, com uma chaise longue e um candeeiro.

Emissão # 701 - “Primeiro programa da série VII dedicado a um desafio no âmbito da solidariedade”

Depois






Para o Querido Mudei a Casa! já é hábito dedicar pelo menos um programa da série à instituições ou centros que acolhem crianças especiais. Desta vez, o escolhido foi o Centro Helen Keller!


O Centro Helen Keller é uma escola inclusiva para crianças com deficiências visuais, que integra alunos invisuais e normovisuais. A Helena Carrasqueiro, que é mãe do Francisco, de 6 anos, candidatou-se ao programa com a sala que o filho frequenta no centro. Nesta sala, convivem 60 crianças, de 3 a 6 anos de idade, algumas delas portadoras de deficiência visual. É usada para acolher as crianças ao fim do dia, quando esperam pelos pais para retornarem às suas casas. Ela acha que a sala é vazia, fria, desconfortável, não tem cor e pensa que as crianças mereciam pelo menos mais conforto nesta sala. Gostaria que esta remodelação fosse tão desfrutada pelos que podem ver como pelos que não podem ver, através do tato, por texturas diferentes ou sons.

A decoradora Ana Rita teve um desafio: apurar o tato, com mais texturas na decoração, para que os pequenos sentissem a mudança. E com a ajuda do João Benedito, dos queridos e da produção muitas ideias surgiram.
A obra começou pela aplicação de MDF nas paredes, pois para se criar uma textura em cima da tinta de areia (que era o que havia) é mais complicado, por isso a escolha do MDF. Ela optou por tons suaves de verde, rosa e azul. O ECOPONTO foi identificado também para as crianças invisuais, através de texturas diferentes para o vidro, papel ou cartão e embalagens de plástico ou metal. Foram criados espaços distintos: uma zona de televisão, num espaço muito acolhedor, com puffes e tapetes; uma zona de estudo, para pintar, desenhar, com cadeiras e mesas, uma área mais calma; e uma zona mais livre para brincadeiras, com bolas e cavalinhos de madeira. Foram colocadas no tecto telas que serviram para reduzir o pé direito, que era alto e deixava a sala fria e desconfortável, e também para deixar o ambiente todo muito mais bonito. Mais uma vez o resultado surpreendeu, e estas crianças podem agora esperar pelos pais em uma sala muito mais alegre, confortável e acolhedora.

Emissão # 612 - “Uma surpresa dos 30 netos e dos queridos para a avó Maria Cristina!”

O jardim é uma das áreas mais utilizadas da casa, mas mesmo sendo amplo, e com uma família tão grande, era mal aproveitado. A decoradora Beatriz Leones e o Ricardo Freixo transformaram-no em uma área externa muito mais agradável e funcional!


A avó Maria Cristina gosta muito do seu jardim. Sempre foi o espaço que mais gostou da casa, e nunca quis deixá-la por causa do jardim. Ela gosta de estar ao pé das flores, gosta de ler, de passear e apreciar as árvores que cada filho plantou. Seus netos resolveram fazer uma surpresa para esta avó tão querida. A neta Marta Sampaio Soares foi quem se candidatou ao programa, em nome de todos os primos. Ela achava muito complicado mudar este jardim, e nunca pensou que o Querido iria aceitar este desafio. O que ela gostava era de ter um jardim recuperado, de forma que a família toda pudesse aproveitar melhor este espaço.A decoradora Beatriz Leones teve a ajuda da engenheira Sofia Tavares, da EDP, para solucionar o problema da limitação de potência de energia, que a casa tem. Foram apresentadas soluções como a troca de lâmpadas incandescentes por economizadoras, obtendo a mesma luz. Basicamente a Beatriz teve duas grandes preocupações nesta obra: não quis exagerar muito na decoração, com medo que a avó Cristina não gostasse, e por isso neutralizou a decoração; e manter o espaço amplo, para que pelo menos 30 netos pudessem movimentar-se bem. E foi isso que conseguiu. Na zona de refeições, ela colocou uma mesa para 30 pessoas, com 6,60mts de comprimento, da Leroy Merlin! Já o Ricardo Freixo, da Jardim Vista, teve muito trabalho de limpeza e poda de árvores. O resultado final ficou um sonho! Um milagre!

Emissão # 611 - “A família aumentou e o jardim melhorou”

Antes



Depois




O Filipe Vilhena achava que merecia um jardim completo em sua casa, ainda mais agora, que a família aumentou, com a chegada do pequeno Martin. O Querido Mudei a Casa! deu um grande presente à esta nova família!


A Sónia, esposa do Filipe, estava a espera do Martin, que nasceu enquanto o Querido fazia obras. O jardim da casa deste casal merecia uma boa remodelação. E foi o que aconteceu. Os Queridos, com a ajuda do Ricardo Freixo, da Jardim Vista, transformaram um jardim sem graça e mal aproveitado em um espaço com várias funções e muito mais agradável. O Filipe gostava de ter uma zona de refeições, para receber os amigos e uma zona de sombra para as sestas, e para desfrutar a natureza. Além disso, queria que seu filho pudesse aproveitar o jardim da melhor forma possível. Para o Ricardo Freixo, que é arquitecto paisagista, a questão mais importante nesta obra foi conciliar o jardim com a entrada principal da casa. A inspiração que a decoradora Ana Rita teve foi maternal, devido à situação que a família se encontrava. Foi criado um cantinho muito acolhedor para o Martin. O resultado foi “fantástico”, “fabuloso”, “magnífico”, segundo as palavras do casal, com um bebé ao colo e lágrimas nos olhos.

22 de fevereiro de 2008

Emissão # 610 - “Uma garagem transformada em um quarto de sonhos!”

Antes



Depois




As duas filhas da Graça Carneiro, Rita e Beatriz, dividem um quarto que originalmente é uma garagem. O Querido Mudei a Casa! aceitou o desafio e fez mais uma transformação!


A casa da Graça começou a ficar sem espaço, afinal, ela tem cinco filhos. Por isso, a garagem foi transformada em um quarto para as raparigas. Hoje, as que dividem esse quarto são a Rita, de 20 anos, e a Beatriz, de 6 anos. Há uma porta que dá saída para a rua e outros pormenores que ainda caracterizam o ambiente como uma garagem, como por exemplo o excesso de luz que entra, pois não há estores. No closet nunca existiram roupeiros, e como é muito utilizado, acaba por não ter arrumação nenhuma! As portas do quarto nunca foram colocadas… O que a mãe gostava era de ter uma decoração definida, ter arrumação e cor no quarto.

Além disso tudo, existe a grande diferença de idade e de gostos entre as duas irmãs. Por isso, o desafio da decoradora Beatriz Leones para esse quarto foi grande. O que ela queria era transformá-lo num quarto muito acolhedor. Começou pelo chão, que era de mosaico, frio e húmido. Foi substituído por soalho flutuante. Depois pintaram as paredes, e ainda algo fundamental: alteraram toda a parte eléctrica.
O quarto se tornou alegre, com cores, tranquilo, acolhedor, luminoso e muito mais confortável. As principais diferenças estão nos apontamentos, por exemplo os candeeiros da Rita são lisos, enquanto os da Beatriz têm flores e estrelinhas. As almofadas da Beatriz têm o formato de nuvens e estrelas. No lado da Rita, há uma tela com uma fotografia dela própria, estilo adolescente. Já no da Beatriz, a fotografia é dela num baloiço. A estante que foi colocada serve para dividir o espaço entre as duas. Há também agora uma televisão em LCD, para que todos irmãos possam desfrutá-la. No quarto dos rapazes, de 15 e 9 anos, também foram feitas algumas alterações. Eles ganharam colchas novas e uma parede foi pintada.

Emissão # 609 - “Os estilos Étnico e Clássico num só jardim!”

Antes


Depois




Um Jardim no Bairro Alto que nos faz esquecer a cidade!
A Mafalda Leitão lamentava não aproveitar o seu jardim no coração da cidade: verde e azul são as suas cores preferidas!


A Mafalda e o seu filho Lourenço acordavam todos os dias com vista para um espaço que há muito desejavam ver aproveitado!
Uma zona para relaxar, uma zona de refeições e um espaço verde organizado eram os pedidos da nossa candidata!! Com a chegada do verão a família ansiava por poder reunir amigos e assim fazer grandes jantares!
A Sofia Costa e o Ricardo Freixo deparam-se com algumas limitações…mas não foi por isso que deixaram de fazer uma remodelação em que o “depois” em nada se parece com o “antes”!!

Ficará a conhecer o resultado deste fantástico projecto feito a quatro mãos e concretizado pela equipa de Queridos e da Jardim Vista já no domingo, dia 22 de Julho, às 19h na Sic Mulher. Este programa repete terça-feira, dia 24, às 23h30, quarta-feira, 25 de Julho às 13h e ainda sábado, 28 de Junho às 11h30.
Na rubrica “lojas” fomos à Bosch onde a tecnologia vai de encontro ás necessidades de quem faz bricolage.
O “Querido, mudei a Casa!”, apresentado por Sofia Carvalho, é uma produção Briskman Entertainment.

Emissão # 608 - “Missão Cumprida: uma sala mais alegre e confortável!”

Depois


A Sueli Lorenzi se candidatou ao Querido Mudei a Casa! porque já não usava mais sua sala como antes. Precisava de uma remodelação urgentemente!


Além da curiosidade em saber como as pessoas modificam os ambientes, a Sueli também sentia que precisava de uma nova sala. Antigamente esta sala era usada para se ouvir música e assistir televisão, mas hoje acha os móveis antigos e não gosta do chão. Ela imagina ter uma sala alegre, bem colorida, e está confiante e ansiosa com o que os Queridos vão preparar. O que ela gostava mesmo de ter era uma decoração e ambientes definidos.
E foi o que o Luís Pedro Abreu e a equipa dos Queridos fizeram! Transformaram a sala e o jardim de Inverno da casa da Sueli, em ambientes muito mais leves, claros e alegres. Nas paredes, riscas em tons de verdes e azuis substituíram a idéia do papel de parede. O nosso decorador optou por muitas luzes baixas, e deu um toque especial à sala com uma chaise-longue da Divani & Divani. O antigo espelho, que era dourado, foi pintado de branco, e tornou se uma peça reciclada indispensável à nova sala!