Já mudámos a vida de muitas famílias. Agora podemos mudar a sua também.

22 de dezembro de 2008

Emissão # 908 - Especial "Colégio das Descobertas""

Antes Depois

Antes Depois

Antes Depois



Com o enorme sucesso da edição Especial Crianças do ano passado, fomos à procura de novos espaços. O Colégio “Descobertas”, herdou este espaço de uma antiga embaixada, a casa é grande mas devido ás grandes necessidades dos meninos, torna-se cada vez mais pequena.

Sempre que podem, arranjam o espaço e melhoram as condições, mas com a visita do Querido, lá foram vendo que necessitavam de mais coisas. Descobrimos uma casa cheia de meninos com deficiências crónicas, muitas vezes abandonados pelas famílias.


Esta associação têm este nome à mais de 30 anos e sempre foi uma associação sem fins lucrativos, vivendo da caridade alheia e do esforço voluntário dos seus colaboradores. Não existe uma idade limite para acolhimento neste colégio, porque para quem padece de deficiências mentais, a idade Mental não é igual a idade Real.


Por esse motivo a escola divide as crianças por níveis, não de idade mas por capacidade. Um dos meninos que se encontrava no local na altura da nossa visita chama-se Gonçalo e têm na realidade 9 anos, mas devido à sua deficiência não aparenta mais do que 3 ou 4 anos de idade.


Apesar do Querido querer ajudar, não pode mudar o espaço todo, e fomos ao encontro das suas maiores faltas. Uma delas é sem dúvida um refeitório comum a todas as idades, uma vez que não têm nenhum, e tendo até ao momento de fazer as refeições nas salas onde se encontram.


Outra das grandes faltas da instituição é material adaptado, quer seja ele informático, quer seja de primeiras necessidades. Este tipo de espaços vivem muito de materiais sensoriais, e salas Snoezelen, são muito importantes.


As Salas Snoezelen, são ambientes de paz e harmonia, criados com o propósito de ganhar a confiança e a sensibilidade destas crianças. Procuram através dos sons, cheiros e luzes cativar as crianças e trazer tranquilidade. Morada: geral@sembarreira.pt, local onde se encontra este material Estes materiais são caros e de extrema necessidade, mas vamos ver o que o Querido pode fazer…


As crianças com maior mobilidade reduzida, passam a maior parte do tempo nas Cadeiras de Rodas, porque não têm sitio para se sentar, as educadoras, optam por coloca-las em colchões adaptados. Deixamos a casa, com a ideia de que neste colégio existe muita entrega por parte dos funcionários, mas que falta muita ajuda, cor e alegria.

De todas as obras que fizemos, até hoje, esta vai ser a mais difícil do ponto de vista técnico e a mais intensa do ponto de vista humano. Falamos de uma sala, uma casa de banho e um jardim de Inverno e falamos de crianças especiais com deficiências crónicas e profundas.


Pedimos a ajuda da nossa decoradora Ana Rita que transformou por completo o dia a dia destas crianças. A Ana Rita, trouxe à sala, maior conforto, segurança e mobilidade, criou um refeitório de raiz e adaptou a casa de banho.


Mas como sempre só o poderia fazer em 48 horas com a ajuda de marcas como, a EUROCAIXILHO, a Mediclinics, a Truly Nolen, a Margres, a Cadeirinha do Almeida, a Viplant, o PINGO DOCE, a SPORT ZONE, a PLATANO EDITORA, a IMAGINARIUM e a LG Electronics, que nesta época especial foram bastante generosas.


Para futuras doações : Colégio “Descobertas”
Morada: Av. Vasco da Gama nº25 Restelo 1400-002 Lisboa



Veja Este e outros Programas do Querido Mudei a Casa, na sua Sic Mulher!!!

15 de dezembro de 2008

Emissão # 907- Especial "Casa do Gaiato"

Antes Depois
Antes Depois
Antes Depois


A abrir esta série especial, o "Querido" aceitou o desafio da Casa do Gaiato, uma instituição que acolhe, educa e integra, na sociedade, crianças e jovens que, por qualquer motivo, se viram privados de meio familiar normal. Nas palavras do fundador, o Padre Américo Monteiro de Aguiar, " somos a família para os que não têm família".

A população média de cada Casa do Gaiato é de 150 rapazes distribuídos pelas diferentes idades desde o nascimento até cerca dos 25 anos( mas é usual existir pessoas mais velhas). São Instituições totalmente particulares vivendo dia a dia o risco evangélico da solidariedade humana.
Aceita Voluntariado a tempo inteiro e também a tempo parcial. Neste caso pede-se que sejam pessoas totalmente disponíveis para as crianças e jovens, com sentido de maternidade e paternidade. Naturalmente que será útil terem conhecimentos de pedagogia e psicologia.
Quanto aos funcionários são exigidas as qualificações para que são contratados. As actividades de cada casa são sempre orientadas para a realização dos fins em vista proporcionando aquilo que é melhor para o desenvolvimento de cada rapaz: saúde, alimentação, estudos, formação profissional, emprego, férias, tempos livres, cultura...

Quando fomos visitar a Casa do Gaiato em Loures, descobrimos um espaço dividido por idades, onde a casa mãe acolhe os mais novos, e as outras casas os mais velhos, subindo consoante as idades. Neste momento têm 85 crianças no total, 13 das quais entre os 5 e os 11 anos.

Para o Querido, e porque estamos a falar de uma época especial para crianças, optamos por restringir a nossa obra aos mais pequenos, por isso transformar os espaços onde eles passam mais tempo é o nosso objectivo.

Neste momento, a casa mãe acolhe 13 crianças entre os 5 aos 11 anos, todas saudáveis, que dormem juntas numa camarata, ao cuidado de um casal de acolhimento. O Quarto têm mais ou menos 35 m2, com 11 camas e o espaço não têm cor nem vida. É frio com um soalho em madeira, e um pé alto de mais de três metros. Com o seguimento do quarto, descobrimos um espaço novo, uma antiga varanda fechada onde as crianças podem ver alguns filmes onde as educadoras podem ler umas histórias antes de irem dormir.

Estas crianças não têm espaço para nada e até usam as escadas de acesso para os quartos, como sapateira, onde dispõem os sapatos pelas escadas. A casa de banho, é comum para todas as crianças e só existe uma banheira, revezando os banhos entre os meninos.
Épocas especiais exigem projectos especiais e este foi o pensamento da nossa decoradora Ana Proença assim que viu o espaço. E com apenas 48 Horas para transformar um espaço frio e impróprio para crianças, num lugar harmonioso e acolhedor, onde estas crianças poderiam crescer com mais alegria.

Em vez de um, acabou por se fazer três espaços de uma só empreitada, e para os mais pequenos projectou um quarto “Lego”, para os mais velhos, o quarto “Futebol” e transformou ainda uma varanda fechada num espaço para diversas actividades.

Numa obra desta dimensão, só poderíamos ir ao encontro das necessidades destas crianças, com ajuda e essa ajuda foi preciosa. Marcas como a LEROY MERLIN, ROBBIALAC, BOSCH, EUROCAIXILHO, a LEGO, a BACTÉRIA, o PINGO DOCE, a SPORT ZONE, a CONCENTRA, a PLATANO EDITORA, a IMAGINARIUM e a LG Electronics, foram assim de extrema importância para dar maiores alegrias a quem mais necessita, numa época especial.


Para futuras doações envie: Casa do Gaiato – Santo Antão do Tojal, Loures Morada: Rua Padre Adriano, 40 Santo Antão do Tojal – Loures 2660-119.

2 de dezembro de 2008

Emisssão#906 - Quarto de recordações

Antes Depois

Antes Depois

Para surpreender o marido, com alguma alegria nas suas vidas, a Maria João escreveu para o Querido para remodelar o Quarto. A História deste casal, é muito dolorosa, e nós aqui no nosso Programa não ficamos indiferentes.

Em 2006, há apenas dois anos, perderam um dos seus filhos, o João, com um Cancro nos ossos. A doença do João foi descoberta, somente através de uma Biopsia, e começou com uma simples dor na perna. Depois de operado, ficou bem, e teve um ano cheio de coisas boas. Passado algum tempo, as dores voltaram e o João nunca mais saiu do hospital.

Para manter esta chama acesa, a Maria guarda todas as suas recordações, fotos e posters do João. No Quarto que quer oferecer ao marido, como surpresa, para dar mais vida e alegria ás suas vidas, a Maria João, gostava ter de um estilo moderno, com linhas direitas e simples.

As cores preferidas são, os castanhos, laranjas, cor de café com leite, mas em geral gosta de cores quentes e românticas. Detesta a cor encarnada. Gosta de véus e de adereços, e de por exemplo moveis ou baús de apoio nos pés da cama.
Para criar um espaço cheio de recordações e de vida, fomos ter com a Catherine Cabral.
A Catherine ficou incumbida de tentar consiliar as recordações e a decoração para dar à Maria João o que mais deseja neste momento.
Não querendo fugir à sua marca pessoal, a nossa decoradora optou por criar um estilo moderno, com muitas tedências romanticas, onde o Verde e Creme dominam.
Veja este e outros programas do Querido Mudei a Casa, na sua Sic Mulher!!!

25 de novembro de 2008

Emissão #905- Uma Sala lá no Alto

Antes

Depois


A Elsa candidatou-se ao programa, para remodelar um espaço “Morto”, como lhe chama. A nossa candidata, recorreu ao Querido, porque já não conseguia mais olhar para a marquise fechada que têm lá em casa.

Anteriormente um terraço, foi modificada pelos anteriores proprietários, que fizeram do espaço um salão de jogos. O lugar é amplo e carece de algumas obras, ou de muitas obras para ser mais preciso , mas a Elsa gostava muito de modificar o espaço, para criar uma sala…

A Elsa já têm uma, mas prefere passar a sala para este espaço, porque assim mudava o quarto do seu filho mais novo, o Francisco, para o seu lugar. E o Francisco foi o principal motivo, que levou a Elsa a contactar o Querido, porque sofre de doenças respiratórias e o quarto onde dorme actualmente, está ligado à divisão que se quer alterar e segundo a mesma encontra-se cheio de infiltrações.

Fomos ao local e deparamos com uma sala, com um tecto inacabado e com um chão desnivelado. A Sala têm mais ao menos, 30m2, com o tecto em chapa e janelas no seu cumprimento. Caracteriza o estilo de decoração, moderno e simples com linhas direitas. As cores preferidas são, os Castanhos, os Beges, os Verdes, detestando o Amarelo.

Uma das coisas que gostaria de manter, seriam se possível, os sofás e a mesa de snooker. Mas para decidir isso, fomos ter com o Luís Pedro, que agarrou este projecto e meteu logo mãos à Obra.

O Luís Pedro, projectou um espaço completamente diferente, baseando-se no conceito Family Room, onde cada membro da família terá o seu espaço próprio na sala. E isto porquê, porque quando estamos em casa, passamos a maior parte do nosso tempo na sala, e visto a Elsa só viver com os seus dois filhotes, o Luís Pedro não quis esquecer cada um deles.

Um dos grandes problemas deste Espaço era sem dúvida o tecto, e para resolver esta questão chama-mos uma empresa especializada. A ITEX, especialista em colocação de tectos falsos, prontificou-se logo em ajudar, criando um ambiente completamente diferente, daquele que a Elsa tinha.

Uma Varanda fechada, com mais de 30m2, com um tecto por acabar, cheio de humidade e infiltrações, um chão desnivelado e um aspecto frio era o espaço que a Elsa queria tanto mudar, um lugar quente, confortável e harmonioso, foi o que o Luís Pedro lhe ofereceu.

Veja este e outros programas do Querido Mudei a Casa, na sua Sic Mulher!!!

17 de novembro de 2008

Emissão#904 Três em Um


Antes Depois

Antes Depois


Antes Depois

O candidato do programa desta semana chama-se Leonardo Rodrigues e têm 9 anos. Decidiu escrever para o Querido Mudei a Casa, para surpreender a mãe com uma sala nova. O Leonardo gostava muito de realizar o sonho da mãe: ter uma sala bonita, isto porque gosta muito dela,e gostava muito de compensa-la por todos os sacrifícios que a mãe tem feito por ele.

Esta sala é um projecto muito complicado de se fazer, pois no prédio não existe elevador, ou seja, os acessos são 4 lances de escadas que em termos logísticos para o transporte de material pesado, exige um esforço enorme por parte da nossa equipa. Esta candidatura, só pelo facto de não ter elevador seria, à partida, excluída, uma vez que, um dos requisitos para a selecção de uma candidatura é a acessibilidade.

No entanto, como se trata de uma criança de 9 anos reconsideramos esta obra porque tivemos pena de o desiludir. Decidimos em seguida contactar a Andaluga, com quem temos uma parceria, para saber se seria possível, cederem-nos uma plataforma elevatória para ter um acesso mais facilitado até a sala.

Além dos acessos não serem os melhores e de em termos de logística ser um projecto complicado de se fazer, surgiram mais alguns problemas tais como o tamanho da sala e o pai não saber como vai tirar a mãe de casa durante 48 horas. Apesar de isto tudo, a produção do programa não desiste de investir nesta família e de ajudar o Leonardo.

A Luísa, mãe do Leonardo, tem 43 anos, é casada com o Carlos Rodrigues e tem dois filhos lindos e não podíamos deixar de mencionar que é venezuelana. Viveu na Venezuela até aos 17 anos com a mãe venezuelana, com o pai português e com o irmão. Aos 17 anos, mudou para os Açores só com os pais, pois o irmão ficou pela Venezuela. Posteriormente, a Luísa veio para Lisboa a procura de trabalho e acabou por ficar, casar, e formar uma família.

Parece que o estilo de decoração da sala ficou para nosso critério, mas pai e filho adiantaram que a Luísa gosta de cores claras, tais como: os brancos, azul bebé, ou verdes …Por ultimo há só a acrescentar que a Mãe gostaria de uma sala moderna mas clássica ao mesmo tempo.

Para este desafio, chama-mos a Beatriz Leones, que aceitou o projecto, apenas por termos referido a idade do Leonardo. Para esta casa, que como já referimos era de pequenas dimensões, a Beatriz não podia fazer só a sala e resolveu transformar o Hall, a sala e a varanda. As três divisões foram modificadas pela nossa decoradora, que utilizou Azuis e Cinzas para dar cor á casa, no Hall quis usar a sua criatividade, traçando riscas verticais de mais ou menos 25cm cada de Branco e Azul. Na pequena varanda, deu um novo chão e adaptou espaço á sala, tornando-o quase num espaço único.


Como o nosso programa é feito de surpresas, resolvemos dar um presente ao Leonardo, o seu quarto era um mar de "tralha", e não tinha por onde se pegar. Como o Leonardo é adepto do FCP, a Beatriz Leones acabou por utilizar, aqui o Azul e deu mais espaço e arrumação ao quarto.


Veja e reveja mais uma grande obra do Querido Mudei a Casa na sua Sic Mulher!!!

10 de novembro de 2008

Emissão#903 Reciclar é a Palavra de Ordem

Antes
Depois
...Por vezes, quando não existe a possibilidade financeira de se ter o que se sonha, basta apenas "arrejar" as ideias, reciclando ou mudando apenas uma ou outra coisa...

O Paulo Raminhos tem 37 anos, Trabalha na TAP, é Operador de Rampa de terminais no Aeroporto de Lisboa. Candidatou-se ao Querido para surpreender a sua mulher Sandra de 35 anos com uma cozinha nova. A produção do programa, já andava a procura de uma cozinha deste “género” e por isso a cozinha da família Raminhos preencheu claramente os requisitos que o programa procurava. Após duas cozinhas feitas novas da Leroy Merlin, muito diferentes uma outra, a primeira foi uma cozinha Romântica e a segunda uma cozinha muito moderna, chegou a vez de mostrar aos nossos telespectadores que para remodelarem as suas cozinhas não é necessário comprar uma cozinha toda nova se por vezes é possível Reciclar.

A cozinha do Paulo foi escolhida pelo seu grande potencial para reciclagem, pois como os cascos dos móveis da cozinha ainda se encontram em bom estado e só necessário mudar as portas. Além disso esta cozinha é bastante grande (24 m2) e mais parece uma cozinha de hospital (não é uma cozinha acolhedora). A Produção decidiu apostar deste projecto, porque terá com certeza um grande antes e depois, pois a cozinha actualmente é toda branca e os candidatos não gostam. Gostariam sim, de ter uma cozinha virada para tons mais escuros, mais castanhos e que fosse muito mais moderna.

O Paulo afirma que a Sandra, a sua mulher está sempre a reclamar que apesar da cozinha ser grande e com muitos armários não tem espaço para arrumar nada e está farta da cozinha e dos móveis brancos que acabam por estar sempre sujos. O sonho da Sandra era ter um sistema de arrumação porque actualmente nem sequer tem espaço para pôr o aspirador, a vassoura ou produtos de limpeza. Há que também salientar que a nossa surpreendida é costureira numa fábrica de roupa na Povoa de S. Adrião e lida muito com roupa no seu dia a dia, e apesar de tudo não tem nenhum espaço de lavandaria. (no dia em que foi feita a visita existia uma pilha de roupa na sala)

Alem de tudo isto, a produção ficou bastante sensibilizada pelo facto do Paulo querer oferecer a Sandra uma cozinha nova como presente de anos (Sandra faz anos dia 29 de Outubro) mas também é uma forma de a homenagear pela grande mulher e “lutadora” que tem sido desde que casaram. A vida destes candidatos tem passado por momentos complicados, pois após se terem casado Sandra descobriu que tinha um problema renal. Passados alguns messes foram a um médico que lhes disse que Sandra não podia ter filhos, mas por mera coincidência engravidou uma semana após a consulta. Infelizmente teve um aborto espontâneo após 5 messes de gravidez.

Nessa mesma altura Sandra já se encontrava a fazer hemodiálise. Demorou algum tempo a ultrapassar esta perda de um filho e a encarar de frente “ a hemodiálise”. Finalmente após 3 anos engravidou de novo ainda em tratamento hemodiálise, e passado 9 messes lá nasceu a Rute que hoje em dia já tem 11 anos. Após 1 ano da Rute ter nascido, conseguiu fazer um transplante de rim que dura até hoje, no entanto a Sandra diz que vive um dia de cada vez.

A Ana Proença ficou encarregue de transformar este espaço, e sem gastar muito do seu orçamento, virou-se mais para a reciclagem. A Reciclagem deu à cozinha uma nova cara, uma nova vida e alegrias para que o futuro seja mais risonho para a família Raminhos. O Chão novo, as portas dos armários de outra cor e uma junção banca da cozinha, dão a sensação de uma cozinha nova, que nem parece a mesma, e foi com a ideia de transformar sem gastar que a Ana Proença aceitou este desafio.
Reveja este e outros programas do Querido Mudei a Casa, na Sic Mulher!!!

3 de novembro de 2008

Emissão #902 Uma Sala cheia de História

Antes Depois

Antes Depois
Antes Depois



Edificada após o terramoto de 1775, esta casa sempre foi ocupada com um objectivo, servir de Mercearia. A casa foi fundada em 1875 e restaurada em 1913, desde ai passou de geração em geração ate aos nossos dias. Sempre como mercearia, o espaço leva-nos ao encontro de figuras ilustres da nossa sociedade, onde Médicos, Advogados, Escritores, Actores e Diplomatas conviveram através de uma simples ida ás compras.

Uma Mercearia de Bairro vive do convívio e da bem disposição dos merceeiros, e essas qualidades nunca faltaram nesta mercearia do Príncipe Real. Porem estes espaços estão a desaparecer, cada vez mais depressa, e mais uma casa de comercio passará a casa de habitação. Depois da loja fechar, a nossa candidata, a nova dona do lugar, pensou em fazer um espaço para os seus filhos onde pudessem receber os amigos e estarem mais à vontade. Mas como a sua filha mais velha, quem enviou a candidatura para o Querido, se vai casar, optou por fazer esta surpresa à filha.

Depois de deliberar sobre o assunto, a nossa equipe achou que modificar um lugar cheio de história, para dar lugar a uma nova história de vida, seria o ideal. Foi assim que escolhemos esta candidatura e é através de um espaço cheio de recordações que a nossa Decoradora Sofia Costa vai dar uma nova cara a este lugar.

A Leonor Ferreira, desde que têm este espaço sempre pensou em modifica-lo para que os seus três filhos pudessem receber os amigos confortavelmente. Mas quando soube que a Carolina iria casar, e sem esquecer os tempos difíceis que os jovens de hoje em dia passam para comprar casa, pensou em fazer uma surpresa à filha Carolina, e pediu ajuda ao Querido.

A nossa decoradora Sofia Costa, adorou o desafio, e quando soube que teria a possibilidade de mudar um espaço cheio de história, aceitou sem pensar duas vezes. A Mercearia estava vazia, e apenas tinha duas estantes de parede, bastantes antigas e as montras da loja, a Sofia aproveitou estes nichos para idealizar o seu projecto.


Como estava completamente vazia, a Sofia Costa optou por colocar tudo novo. Escolheu o Azul claro para dar cor e vida ao espaço, e utilizou as montras da antiga loja para transformá-las em aparadores de apoio à mesa de Jantar. Dividiu a sala em dois, a sala de Estar e a sala de Jantar e para relembrar a data de inicio do espaço deixou o marco da edificação na sala.

Neste Programa mudamos o rumo da história, não mudamos somente a vida da nossa candidata, do que espera para mudarmos a sua também.

Veja este e outros programas, na sua Sic Mulher!!!

29 de outubro de 2008

Não desespere.

27 de outubro de 2008

Emissão #901 Jardim de Verão e Inverno

Antes Depois

Antes Depois

Antes Depois


Quando se ouve falar em Vicentinas, pensa-se logo em Caridade e Amizade, e foi isso mesmo que encontramos, quando fomos ao Lar Nº Sra. das Dores na Ajuda. O Nº 224 da rua do embaixador acolhe 12 Senhoras num espaço, oriundo de um antigo Mosteiro Franciscano. Os corredores cobertos de Brasões e estandartes relembram as casas senhoriais.

O Lar encontra-se entre paredes com a Igreja Nossa Senhora das Dores, e é um dos 16 lares e residências que esta associação vicentina, a Sociedade de São Vicente Paulo detêm neste momento.
Espalhadas por todo País, a associação têm mais de 400 senhoras e mais de 200 empregados.

Tem ainda um Jardim de infância com mais de 100 crianças em Montemor e uma casa senhorial na Ericeira.
A Maior Casa desta associação encontra-se em Galamares, em Sintra e conta com mais de 45 senhoras numa casa com três pisos.
Sendo uma associação sem fins lucrativos (IPSS), a sociedade S. Vicente de Paulo vive da caridade e amor do próximo, logo tentam passar ás suas senhoras este mesmo espírito.

O Lar, através da direcção Dra. Adelina Almeida, candidatou-se ao Querido, porque considera que o seu pátio interior, que faz as delicias das suas senhoras, está um pouco ao abandono e mal aproveitado. Lembraram-se do Querido, porque gostam muito do programa e acham que só mesmo a nossa equipe, conseguiria resolver os seus problemas. A casa cheia de senhoras, leva-nos a pensar num estilo muito British, como por exemplo uma sala de chás e lazer para estas senhoras, das quais a mais velha conta já com 94 anos.

Para mais uma prova de fogo para o Querido, Mudei a Casa, pedimos ajuda a nossa decoradora Sofia Zambujo, para modificar um espaço para estas 12 senhoras.
Depois de apresentar o projecto à nossa produção, verificamos que o projecto era bastante ambicioso, o que originou a termos que pedir uma ajuda extra. Fomos falar com a EuroCaixilho, que se prontificou logo para ajudar estas 12 senhoras. Um Projecto deste género, implicava uma estrutura nunca feita no nosso programa, e quando implica trabalho extra temos que falar sempre em parcerias novas, e foi isso mesmo que aconteceu.

A Eurocaxilho é uma empresa sediada em Sintra especializada neste tipo de construções, com renome a nível internacional têm como objectivo, tratar da construção e manutenção de Janelas, Portas, Marquises, utilizando materiais de alta qualidade. Ficou então definido que seria construído no jardim deste lar, um Jardim de Inverno. Foi então montada uma estrutura que cobria a maioria do Jardim e que deu lugar a um espaço totalmente diferente do existente.

As senhoras deste lar vão agora aproveitar o sol do verão e a chuva do Inverno, para puderem receber os seus familiares e amigos. Mas o Querido, não ficou por aqui e resolveu aproveitar a entrada para o Jardim , uma vez que este é um espaço interno, para remodelar também a sala destas senhoras.

A nossa decoradora Sofia Zambujo aliou então uma decoração bem moderna com um toque Very British para satisfazer, estas senhoras.
Neste Programa especial, e sem esquecer que todos os primeiros programas de cada serie, são dedicados a instituições, contamos com a ajuda preciosa da já referida Eurocaxilho, Leroy Merlin, LG, Andaluga (que nos cedeu os andaims), Bactéria, Substral, Miterra (forneceu o Chão 2 teck 2) e falando em Jardins, não nos podiamos esquecer da JardimVista.

Não Perca este e outros programas na Sic Mulher!!!

7 de outubro de 2008

Emissão #813- Emoções de uma Mãe

Antes Depois

Antes Depois


Os Filhos, quando preparam uma surpresa aos pais, é apenas para demonstrar uma coisa, um sentimento chamado Amor.

A história desta semana levou-nos ao encontro de uma menina de 11 anos que se candidatou ao programa com a ajuda do irmão mais velho, para surpreender a mãe. A Cláudia e o Bruno, querem oferecer uma cozinha nova à mãe, porque sabem que é o sitio da casa que ela mais gosta e que por dificuldades financeiras ainda não conseguiu pôr ao seu gosto.

A Delfina Azevedo, é adepta de um estilo moderno onde possa reinar a arrumação, pois adora cozinhar e passa a maior parte do seu tempo neste espaço. Não têm receio de cores, e as suas preferidas são mesmo as cores vivas e fortes. A cozinha encontrava-se bastante degradada e a necessitar mesmo de uma remodelação. A pintura das paredes estalada, o chão estragado, os móveis da cozinha bastante velhos, pareciam mais um campo de guerra bastante degradado.

Uma das virtudes da Delfina é cozinhar, descobrimos isso na nossa primeira visita, cozinhando bastante para fora. A Cláudia contou-nos que o seu melhor prato é um Bacalhau Escondido, de deixar água na boca. E pelo que os filho dizem os seus pratos são mesmo dignos de uma cozinha nova.

Nós aqui no Querido, achamos que esta candidatura poderia ser a ideal para realizar mais um sonho. Fomos ter com a Ana Rita, a decoradora de serviço desta semana, para ver o que poderia fazer com este espaço. Explicamos o que a Cláudia e o Bruno queriam e a nossa decoradora aceitou de imediato esta tarefa, propondo-se a mudar mais uma vez, a vida de uma família.

As cores contrastantes do verde e do rosa e aquela Ilha no meio da cozinha, apenas vagueavam no imaginário da nossa Candidata, que dizia constantemente à nossa produção no final do programa, que não queria acordar daquele sonho. Com mais uma Cozinha Leroy Merlin montada, e um enorme frigorifico americano, Side by Side No Frost da LG, os Queridos deixaram de ser os protagonistas destacados desta obra. A alegria e vida desta nova cozinha, proporcionada pela Ana Rita, não podia ter terminado da melhor maneira.

Depois da Reacção, viveram-se momentos de muita emoção, onde Mãe, Pai e filhos( e até mesmo nós, da produção), choravam sem parar, porque mais do que uma cozinha, um desejo foi concretizado. No Final da Obra, a Ana Rita ofereceu a esta família, uma cozinha de sonho, uma cozinha que nunca poderiam ter, disse-nos a Delfina.

Não Perca este e outros programas do Querido Mudei a Casa, na sua Sic Mulher!!!

29 de setembro de 2008

Emissão#812 Uma Luz diferente

Antes Depois
Antes Depois

Antes Depois



Esta semana fomos até à Charneca da Caparica, para ser mais preciso, até Porto Brandão.

Os Irmãos Baixinho, a Marisa e o Nuno querem surpreender a Mãe com uma cozinha nova e super acolhedora. Mais ao menos ao gosto do Querido, dizem eles. A Maria Helena, a nossa surpreendida sofre com problemas na vista, estando neste momento num estado bastante avançado.

Os médicos têm andado a tentar empatar a operação porque consideram um grande risco, logo a sua vista vai piorando de dia para dia. Os filhos candidataram-se ao Querido, para satisfazer uns dos desejos da Maria Helena. A Mãe destes candidatos sempre quis ter uma cozinha nova, porque alem de gostar imenso de cozinhar é onde passa a maior parte do seu dia.

Nós do Querido, após muita análise, escolhemos esta candidatura, devido a duas questões essenciais. Primeiramente, o estado de saúde da mãe da nossa candidata e a segunda porque descobrimos que a Marisa Baixinho, quer ser chefe de cozinha, e este seria o espaço ideal para realizar mais um sonho.


Para esta grande obra, contamos com a ajuda preciosa, da nossa decoradora Catherine Cabral, que para além de ter uma história verdadeiramente emocionante nas mãos, teve que dar brilho a um espaço sombrio e esquecido no tempo. Após deliberar com toda a equipe, o Querido Mudei a Casa, está pronto para colocar as mãos na massa, para realizar mais um desejo e mudar a vida de mais uma família.

De um espaço sem luz e harmonia, a Catherine tornou-o num lugar cheio de luz e cor. E sendo esta a sua primeira cozinha, de certeza que a nossa decoradora não ia fazer por menos. Uniformizou o espaço, com um soalho flutuante, utilizou a mesma textura nas bancadas, dando um ar bastante clássico, a uma cozinha moderna e funcional.

As cores predominantes, são o branco dos móveis, o verde das paredes e do papel de parede e ainda a madeira do soalho e das bancadas.Para iluminar e dar vida ao espaço, a nossa decoradora optou por colocar na cozinha, 9 pontos de luz, alguns candeeiros ao longo da zona de refeições e colocar um espelho para dar mais profundidade.

O Papel de parede verde, com desenhos de peixes, e o espelho com um aspecto muito trabalhado, dão sem sombra de dúvidas, um ar clássico à cozinha. Para ideia brilhante, destacamos a bancada de apoio à mesa de refeições, e que vai servir também de armazém para esconder os electrodomésticos da cozinha.

Depois de modificar a cozinha, com ajuda dos móveis da Leroy Merlin, a reciclagem da mesa de jantar, colmatou mais uma vez um trabalho de dedicação dos nossos Queridos. Funcional e iluminada eram os objectivos para esta cozinha, e pelo aspecto final, foi algo conseguido pela nossa Catherine.

Nesta grande emissão, contamos com a ajuda preciosa da Multiópticas, que ofereceu umas Lentes e uns Óculos à nossa candidata e com a LG que mais uma vez, apoiou-nos com uma Placa e forno e ainda uma máquina de lavar loiça. Sem esquecer todas as nossas parcerias, é claro, pois sem elas o Querido, não satisfazia todos os sonhos dos nossos candidatos.


Siga a par e passo, todas as obras do Querido, Mudei a Casa, na Sic Mulher!!!